I FINEFOME ano III/ 2008
I FÓRUM INTERNACIONAL PERMANENTE DE RORAIMA À ERRADICAÇÃO DA FOME NO MUNDO. 
Ano de lançamento: 2006

Lançamento presencial: de 21 a 23 de fevereiro/2006.
Local: Palácio da Cultura - Boa Vista/Roraima.
No encontro de 08 de novembro de 2007,
foram deliberados assuntos quanto a gravação do CD sob o tema Fome no Mundo, a ser gravado no Equador
pelo grupo folclórico Los Carabajal.
Contatos iniciam-se para a formalização da proposta.
Ainda, na pauta, definiu-se contatar a presidência da Embrapa e Fundação Roquete Pinto
(Tv Educativa) do Rio de Janeiro e Petrobrás, para auxiliarem na difusão dos projetos da ALB
à Erradicação da Fome - plantio de árvores frutíferas pelas populações frente as suas residências.
Em 2008, inicia-se a formulação de Tese de Mestrado e Doutorado, pelo Presidente da ALB, Mário Carabajal
junto a Universidad Autónoma de Asunción, Paraguay, sob o Tema: Projeto do Milênio da ONU, objetivando
apresentar alternativas ao alcance das metas de redução à metade, até 2015, dos atuais números da Fome
no Mundo - Um bilhão e oitenta e nove milhões de famintos.
Projeto da Academia de Letras do Brasil

Sobre o Fórum
Convidados
Credenciamentos
Extrato/Programação
Programação Geral

Painéis Temáticos
Organização
Alojamentos
Acampamentos

Participantes
Segurança
Imprensa 

Quadro Geral da 
Fome no Mundo

Levamos aproximadamente 40 segundos para analisar esta manchete. Tempo suficiente para a morte por desnutrição de 12 pessoas no mundo. Agora, enquanto você lia, mais dois morreram. 

Participe do I FineFome/2006.

É UM FORUM PERMANENTE. O lançamento foi em 2006. Mas as ações continuam permanentemente em prol dessa causa. Contribuir para que todos tenham o direito elementar a alimentação.

Plante e incentive o plantio de três mudas de árvores frutíferas frente a cada residência.

Centenas de árvores e milhares de frutas em um só bairro. Milhares de árvores e milhões de frutas em um município. Milhões de árvores e números astronômicos de frutas em um Estado e País.

Ao simples erguer de um braço... o alimento, a energia primeiramente para viver, para só então pensarmos em sermos médicos, professores, advogados, pesquisadores... escritores.

O Departamento de Agronomia da UFRR e a Embrapa/RR, já confirmaram suas participações nas Coordenações de Painés do I FineFome/2006.

Leve este tema para sua empresa, sala de aula, consultório, residência... discuta com seus filhos, amigos, vizinhos...

Apresente-nos uma sugestão. Participe!

O Banco HSBC, em 2008, deu grande contribuição à Erradicação da Fome. Todas as Sextas-Feiras, distribui, em suas Agências, mudas frutíferas de Buritis.

Obrigado e
Parabéns HSBC!

FOME NO MUNDO

A CADA 24 HORAS MORREM 25000 PESSOAS POR DESNUTRIÇÃO NO MUNDO

 

Este tema é prioridade na ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL.

O capitalismo é indiscutivelmente uma boa alternativa para a circulação de recursos. Contudo, só chega até ele, quem esteja integrado a este sistema. Parte significativa da população sobre a Terra, não está em linha de captação de quaisquer recursos. Logo, até estes, não chega nenhum capital. Quando chega é insuficiente para atender as necessidades elementares à vida. A desnutrição e morte, como conseqüências, são óbvias.

Apresentamos ao mundo, uma alternativa à erradicação da fome sobre o planeta Terra.

Governos e população, em campanha, plantar frente as residências, três mudas de árvores frutíferas.

Centenas de árvores e frutas encontrar-se-ão em cada quadra. Milhares em cada bairro. Milhões em cada Cidade, Estado e País.

Os números astronômicos em frutas, alimentarão milhões.

Ao simples erguer de um braço, em poucos anos, essas frutas saciarão a fome de quem quer que seja.

Crianças, adultos ou idosos, se com Fome, passarão a contar com o alimento básico e elementar à vida: compete aos governos, em todo o mundo, incentivar campanhas públicas, através da pequena e grande mídia, desde os carros de som, até os jornais, rádios e televisões.

Ainda, o plantio de frutíferas em praças, ruas, estradas federais, estaduais e municipais.

Os governos municipais podem premiar os três primeiros munícipes que desenvolvam o projeto em suas quadras.

O governo federal e os governos municipais e estaduais, podem disponibilizar recursos ao desenvolvimento das mudas, ou mesmo desenvolve-las, doando-as à população.

As escolas em ação conjunta entre o corpo administrativo, docente, discente e se possível envolvendo a comunidade, desenvolverem campanhas para o cultivo das mudas e mutirões de plantio.

A partir de três frutíferas frente a cada residência, chegaremos às Cidades Ecológicas. Um mundo diferente. Mais leve de viver, sorrir e ser feliz.

O exército, a critério de comandantes conscientes e com visões futuristas, pode ter participação decisiva, tanto nos canteiros de mudas quanto na sua distribuição à população.

A população, a seu livre critério, auxilia, fazendo a sua parte individual, escolhendo e plantando três mudas frutíferas que disponha. Regando-as diariamente, dedicando-lhes cuidado e zelo ao amadurecimento e início da produção.

Veículos de comunicação podem dedicar um ou dois minutos diários à difusão da idéia, somando e acrescendo esforços à essa imperiosa e desumana necessidade, como a foto supra bem traduz.

Os jornais e revistas, com um pequeno espaço à essa ação mundial em co-autoria, elevam a possibilidade da assertiva.

Os engenheiros calculistas, ao projetar ou redimensionar novas cidades, ou em suas melhoras, prever três mudas frutíferas frente a cada residência.

Às prefeituras, instituir, juntamente com as Câmaras Municipais, população e Estatais, algo como um "Imposto às Gerações Futuras" onde, diante a solicitação de serviços públicos, como; luz, água e telefone, o co-autor dessa revolução alimentar no mundo, comprove o plantio de suas três mudas.

Pela manhã os munícipes podem acondicionar as frutas em saquinhos, colocando-os frente as residências.

A redistribuição às áreas de maior necessidade compete ao executivo, em parceria com o legislativo, comunidades e sociedade civil organizada, discutir alternativas.

O que for acrescido ao projeto para contribuir com a total erradicação da fome no mundo, tem o nosso apoio.

Não aceitamos evasivas como meio à fuga de tamanha problematização que a todos nós desafia à equação.

Esta realidade se fará insuportável, ou...Venceremos! Três mudas de árvores frutíferas frente a cada residência...

A partir de 21 de fevereiro de 2006, assine no Livro Pró-Vida! Ele estará aberto permanentemente em nosso site. Pois o Finefome é um Fórum Permanente.

Jovens cantores e também os profissionais. Integrantes da Escola de Música, gravadoras, auxiliem-nos à gravação do CD, com música e mensagem do Fórum, em dez idiomas.

Empresários, industriais, profissionais liberais, funcionários públicos, comerciantes... contribua com seu pensamento e capacidade de soluções de problemas... Você, ainda que não admita, por ter uma parte da equação deste problema. Não guarde para você a solução. O Mundo precisa saber! Talvez ninguém tenha pensado nisso... no que você está pensando agora. Por favor, esteja conosco de 21 a 23 de fevereiro em Boa Vista/Roraima. Ou pelo menos, envie-nos um e-mail com suas sugestões. Certamente  aproveitaremos e desde já agradecemos.  carbajal@technet.com.br  - Mário Carabajal.

Ao assinar o livro Pró-Vida, seu nome passa a integrar a lista, não de colaboradores. Mas, isto sim, de integrante da Equipe de Execução da Ações do Fórum Permanente de Erradicação da Fome no Mundo.

A Fome mata no Mundo:
2 em 7 seg.
17 por minuto; 
 1042 por hora; 
25 mil por dia;
9125000 ao ano.


: : :  fome no mundo  : : :

AQUI, NOSSO LUTO PERMANENTE PELOS 25000 QUE MORREM TODOS OS DIAS DE FOME NO MUNDO.

NOSSO MAIS PURO PROTESTO CONTRA O BELISSISMO. OS CUSTOS BÉLICOS DE UM MÊS AMERICANO, ALIMENTARIA TODOS OS FAMINTOS DO MUNDO POR UM ANO.

O ALIMENTO UTILIZADO PARA ENCHER O TANQUE DE UM CARRO COM BIOCOMBUSTÍVEL, ALIMENTARIA UMA PESSOA POR UM ANO.

O BIOCOMBUSTÍVEL, ALÉM DE CONCORRER COM OS FAMINTOS NO MUNDO, LEVARÁ OUTROS SERES Á MISÉRIA, POIS OS ALIMENTOS PASSAM A SER OBJETO DE INTERESSE, NÃO MAIS APENAS ALIMENTAR. MAS DE EXTENSÃO DO PODER ECONÕMICO. OS ALIMENTOS QUE ESTARIAM EM PRATOS, DAQUELES QUE NEM PRATOS TÊM, PASSAM A DESDINAREM-SE AOS TANQUES DE COMBUSTÍVEIS DAQUELES QUE, AS VEZES, MINIMAMENTE UM CARRO TÊM. MAS TOMADOS TAMBÉM PELA NECESSIDADE, SEM REFLEXÃO, POR NÃO TEREM OUTRAS OPÇÕES, SENÃO E TÃO SOMENTE SEGUIR OS DITAMES DO CAPITALISMO SELVAGEM, COLOCAM EM SEUS CARROS, TONELADAS DE ALIMENTOS QUE DEVERIAM DESTINAREM-SE AS MILHARES DE VÍTIMAS DA FOME NO MUNDO.

A SACA DE MILHO E DE SOJA, RAPIDAMENTE ESTÃO SUBINDO. MUITO EM BREVE, OUTROS ALIMENTOS TAMBÉM DEIXARÃO DE TER O PRÁTO COMO DESTINO. POIS O INTERESSE ECONÕMICO OS DESTINARÁ AOS TANQUES DE DE AUTOMÓVEIS, CAMINHÕES, TRATORES...

QUAL O PRODUTOR QUE OPTARÁ EM DESTINAR OS RESULTADOS DE SUAS LAVOURAS A OUATRO FIM, QUE NÃO ÀQUELE QUE LHE DE MAIS LUCROS...

UM OUTRO GRANDE RESULTADO NEGATIVO DO BIOCOMBUSTÍVEL, ENCONTRA-SE NO MODELO DE EXPLORAÇÃO DA MÃO DE OBRA. MILHARES DE PESSOAS, COM MÃO DE OBRA ESCRAVA, SÃO NECESSÁRIAS PARA ALIMENTAR ESSE MODELO DE ENERGIA. DIZEMOS ESCRAVA POR ENTENDERMOS O MODO DE VIDA, O TIPO DE TRABALHO, A QUANTIDADE E QUALIDADE DE ALIMENTAÇÃO, O AMBIENTE, O SONO, AS PERSPECTIVAS DE FUTURO... SEM FALARMOS NA IDADE, IDOSOS E CRIANÇAS, MULHERES... TODOS, EXPOSTOS AO TEMPO, DAS PRIMEIRAS HORAS DA MANHÃ, ATÉ AS ÚLTIMAS HORAS DA NOITE.

ALTERNATIVA

JÁ EXISTEM PESQUISAS CAPAZES DE ALIMENTAR OS MOTORES A PARTIR DA REAÇÃO NÚCLE-ATÕMICA DO HIDROGÊNIO.

Muito em breve, aqui, disponibilizaremos os nomes de seus pesquisadores. Dois rapazes brasileiros, já encontraram solução para a energia automotor.

___________________________

Atualizado em 05 de março/08.