ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL

 

ESCRITORA IMORTAL LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO

Versos Imortais

 

DESENVOLVIMENTO

ESCREVER, pensar...
CAMINHAR COM A CANETA
PROCURANDO ENCONTRAR
A POSIÇÃO CERTA

RIMAR IDÉIAS, PALAVRAS,
LETRAS E LÓGICAS
ESPAÇOS CONTENTES
COLORIDOS, IMAGINÁRIOS

SÃO ASSIM AS MÚSICAS
OUVIDAS E ARDENTES
DE ÍMÃS TRANSCENDENTES
POR MÉDIUNS E VIDENTES

NÃO SE PERCA A VIBRAÇÃO
DA VIDA A DEMONSTRAR
TRISTEZA, AMOR E PAIXÃO,
ALEGRIA, ÓDIO, MORTE E PEZAR

SENSAÇÃO NÃO SE VÁ
MARCAS DE REFLEXÃO
EXEMPLOS, UM JEITO DE FALAR
OUTRA FORMA DE EXPRESSÃO

NEM TODOS PODEM SENTIR
MESMO QUE UM DIA O QUIZER
TER O DOM DO RACIOCÍNIO
QUE NEM UM GOZO FLUIR DE PRAZER.

 

PAZ EM GAZA

AO INVÉZ DA DESTRUIÇÃO
INTERMINÁVEL DEGRADAÇÃO
DO HOMEM E DO SEU IRMÃO
SER, VIDA EM CONSTRUÇÃO.

AO INVÉZ DA HONRRA QUE ARRAZA
DO INFERNO QUE O TEMPO URGE
PEDIMOS PAZ EM GAZA
PARA UM NOVO MUNDO QUE SURGE

AO INVÉZ DO MEDO E SENSAÇÃO
DA BOMBA QUE CAUSA EXPLOSÃO
UNIDOS NA FÉ E EM ORAÇÃO
FORÇA DE AMOR NO CORAÇÃO

SENTIMENTO DE DOR E COMOÇÃO
MOVIMENTO QUE AO POVO ARRASTA
PEDIMOS COMO UMA SÓ NAÇÃO
PAZ EM GAZA!


 

SE NÃO MORRESSE

SE O DIA TÃO DEPRESSA NÃO PASSASSE
E A VELHICE DE NÓS, SE ESQUECESSE
A NOSSA VIDA TÃO DEVAGAR ANDASSE
TAIS GOLPES FATAIS NUNCA SOFRESSE

A VIDA UM SONHO E QUEM VIVESSE
TIVESSE O DIREITO QUE PENSASSE
O PASSADO TRISTE NÃO ESCREVESSE
E TUDO QUANTO BOM NÃO TERMINASSE

SE O TEMPO A VAGAR NOS ESPERASSE
A VIDA POR INCRÍVEL NÃO CORRESSE
A HISTÓRIA DE AMOR CONTINUASSE

A GENTE QUANDO FELIZ NÃO PERECESSE
A MORTE POR FIM NOS ADIASSE
A VIDA PASSASSE E NÃO MORRESSE.


AUTORA: LEOMÁRIA M. SOBRINHO
19/07/2008

NEGRA CONSCIÊNCIA

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
MARCO HISTÓRICO NO BRASIL
PORÉM NO DIA A DIA
SOMOS VIDAS SEM REGRA
EMBAIXO DE UM CÉU ANIL
AMARELO, PARDO, MORENO
BRANCO, NEGRO OU LOIRO
PELES COLORIDAS
QUE SE MISTURAM À MULTIDÃO
JESUS NAZARENO
ERA NOSSO IRMÃO
E A SUA COR NINGUÉM SABE...
MAS O IMPORTANTE É GENTE UNIDA
OPORTUNIDADE QUE SE ABRE
UMA GRANDE FAMÍLIA REUNIDA
ESPERANÇA QUE RENASCE.

AUTORA: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
AUTORA: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
POETAS DEL MUNDO 15/01/2009
   

 

REALIDADE ESCONDIDA


DE PESSOAS DESNUTRIDAS
E QUE FAZEM DISTINÇÃO
FALTA CULTURA E LAZER
BRIGAM POR UM PEDAÇO DE PÃO
NÃO SABEM MAIS O QUE FAZER.
O RACISMO NADA MAIS É
QUE UMA GRANDE SEPARAÇÃO
RICO E POBRE EM CADA LADO
PRA MELHOR SE CONVIVER
EM VINTE DE NOVEMBRO
VEREMOS NOVOS MEMBROS
EM CADA ANO QUE SE PASSA
TEMAS DEBATIDOS E PASSEATAS
E GENTE SOFRENDO SEM SAÚDE
PEDINDO SECORRO E JUSTIÇA
A CULPA DE TUDO ISTO É A RAÇA?
PAÍS DE GRANDES CONFLITOS
ÍFIMOS EM RELAÇÃO AOS IRMÃOS
SANGUES MISTURADOS SEM DISTINÇÃO
CORPOS DE IGUAIS FUNÇÕES
TODOS COM UMA MESMA CONCEPÇÃO
PAZ,AMOR E AMIZADE
--FILHOS DE DEUS IGUALDADE!
NOSSOS PROBLEMAS SÃO OUTROS
NÃO É A COR DA PELE
E SIM A NOSSA SITUAÇÃO
NEGRA CONSCIENCIA DE QUEM NÃO ENXERGA
NA PALMA DE SUA MÃO
O MOTIVO, A RAZÃO
DE TANTA DESUNIÃO
O HOMEM E A AMBIÇÃO.

LEOMÁRIA M. SOBRINHO
20/11/2007
lealeo@ig.com.br
POETA DEL MUNDO