Teoria  -  A ORIGEM CONCRETA DO PENSAMENTO 

Propositor

 * Prof. Dr. Mário Carabajal – Ph.D.
Cientista Brasileiro

Lista de artigos do autor. Leia também o artigo: Doenças X Sonhos


TEORIA DE CARABAJAL PROPÕE A TRANSCODIFICAÇÃO DA ENERGIA CÓSMICA EM PENSAMENTOS

Nossas pesquisas e conclusões encerram um dos maiores paradigmas humanos. 

"Em síntese podemos afirmar que o pensamento humano tem suas raízes no infinito cosmo. Passa por energia nuclear. É precipitado à Terra espectralmente. Absorvido na forma química pelos vegetais e destes, pela alimentação humana, ganha o status eletroquímico na fisiologia neuronal e devida transcodificação em Pensamentos. É possível até mesmo a leitura do pensamento, uma vez que representa códigos, mensuráveis e decodificáveis. Atualmente alguns computados têm seus comandos ativados através do Pensamento" (Prof. Dr. Mário Carabajal/ Ph.D/ Cientista Brasileiro).

O pensamento, até então fonte de especulações por muitos, comprovadamente, compreende uma faixa de freqüência y – gama, com 0,00003 microns. Da mesma forma como ondas de rádio, televisão, celular, ultra-violetas, raios X, sendo estas últimas, ondas de altas freqüências, enquanto que as primeiras, de rádio, televisão e celular, são ondas de baixas freqüências – daí, a possibilidade da recepção por pessoas que de alguma forma encontrem-se em “sintonia”, ligadas por vínculos familiares, afetivos e ou em linhas diretas de consecuções empresariais, de estudos ou mesmo por sofrimentos, enfermidades e ou o inverso, radiantes de alegria, buscando partilhar, emitindo “quantus” de ondas gama na freqüência onde encontramos a faixa de pensamentos. Da mesma forma como ondas de rádio são colocadas em sua correspondente faixa, sendo plausível de recepção se captarmos, com aparelhos próprios, para este fim, suas freqüências.

Cada célula de nosso corpo tem energia potencial entre -40 e -90 milivoltz – temos que passar a viver com tais verdades irrefutáveis, observáveis e comprovadas cientificamente.

Tudo se inicia no infinito macro-cosmo, tendo o hidrogênio, como o elemento-elo, desde a origem dos códigos a serem, em primeira instância, dimensionados ao nosso sistema solar através de reações nucleares quando do choque entre os prótons e elétrons do mesmo elemento, resultando fótons espectrais, condutores estes, dos códigos universais. Imediatamente, chegam ao nosso planeta, sendo impressos cosmogenicamente, devido a sua origem, em uma linguagem química nos vegetais. Os seres, ao se alimentarem desses vegetais com códigos cosmo-químicos, fazem uma leitura eletroquímica neurofisiológica, para, imediatamente, passarem à transcodificação em pensamentos do que fora, em tempo imediatamente anterior, energia química nos vegetais, com profundas raízes cósmicas.

Mister se faz diferenciarmos pensamentos de lembranças – é comum, encontrarmo-nos divagando ou mesmo refletindo sobre lembranças e chamarmos a isto de pensamento.

Os pensamentos gozam de quantuns de energia, na proporção de 1 micron para cada 0,0001 cm, de onde a onda de pensamento encontra-se na freqüência aproximada de 0,00003 microns. Mais elevada do que o raio gama(y) que tem onda pouco superior a 0,00005 microns. Todavia, atribuímos ao raio gama a onda condutora do pensamento.

Existem diversas faixas de ondas. A luz visível, por exemplo, encontra-se na freqüência entre 0,4 e 0,8 microns – já a Radiação Solar que atinge a Terra, está compreendida entre 0,2 e 13 microns. O raio X, encontra-se em torno de 0,05 microns – o raio ultra violeta equivale-se a 0,2 microns,  o infra vermelho manifesta-se entre 0,8 e 13 microns (condução de calor). 

As ondas mais baixas, de transmissão de imagens e sons, encontram-se entre 100 e 30.000.000.000 de microns. Para a televisão, registramos 1.500.000 microns. O rádio tem sua freqüência média em torno de 500.000.000 de microns.

Dessa forma, aparentemente simples, lançamos para a posteridade um pensamento com origem, meio e fim concretos. O fim consiste em que se nos cheguem as leis gerais do infinito cosmo e, sincronicamente com o universo, mantenhamo-nos em sintonia harmônica com tudo quanto co-exista.

Não estaríamos à deriva em um imenso universo onde tudo obedece à rigorosas leis de exatidão e finalidades. Desde o infinito macro-cósmo até nosso minúsculo Sistema Solar e infinitamente pequeno micro-cósmo celular, a que constituímos e somos constituídos, tudo, sem exceções e particularidades, encontram-se sob rígidas leis de ordem geral. Nas células, trocas a partir da bomba de sódio e potássio, interagem sob seus limiares, garantindo os mais singulares movimentos, até mesmo dos olhos. Em nosso Sistema Solar, eqüidistâncias e fatores tempo-químicos, possibilitam a existência de vida biológica sobre a Terra. Da mesma forma, Cometas cortam Galáxias, perfazendo grandes elos às trocas de informações sincrônicas co-existenciais e co-partícipes entre todos os corpos constitutivos deste imenso e quase inexplicável universo.

Por tratar-se de energias contificáveis e mensuráveis, o Pensamento, em futuro próximo, poderá ser lido. Na atualidade, inclusive, alguns computadores têm seus comandos ativados diretamente pelo pensamento. A partir dessa realidade concreta, já alcançada pelas ciências, sob a mesma linha de pesquisa, em seu aprofundamento e ampliação, facilmente chegaremos a um conjunto de imágens sistêmicamente organizadas - que poderemos afirmar, associativamente, o conteúdo (pensamento) intrínseco dos símbolos emanados pelo ser.

____________________________________

Nossas teses têm encontrado repercusão na Europa, através do Departamento de Antropologia Social da Universidad de Castilla, Es. Homenagens especiais dedicamos ao Professor Doutor Luiz L. D. M. Olmos, por seus interesses em nossa pesquisas.

·          * Presidente Fundador do Conalb - Conselho Nacional das Academias de Letras do Brasil e ALB - 23 livros publicados e trinta em fase de revisão. Jornalista, Educador Físico e Psicanalista. Especialista em Pesquisa Científica, Tecnologia Educacional e Psicossomatologia. Mestre em Psicanálise Clínica e Doutor em Psiconeurofisiologia. Estudante de Especialização em Controle da Gestão Pública/Ufsc e de Neurociências/Edumed/RJ. Estudante de Mestrado e Doutorado em Relações Internacionais/UAA. Professor de Pós-Graduação da Universidade Gama Filho/Idaam.

Outros artigos assinados pelo autor.

·          E-mails:   carbajal@technet.com.br