ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL
                                                CERIMÓNIA DE POSSE DE ESCRITORES MEMBROS



ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA
 
- ESCOLA ESTADUAL CARLOS DRUMOND DE ANDRADE - OITO MEMBROS.

ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS DE RORAIMA 
- ESCOLA ESTADUAL CARLOS DRUMOND DE ANDRADE - TRINTA MEMBROS JOVENS.

LOCAL: DEPENDÊNCIAS DA ESCOLA - BAIRRO PRICUMÃ. BOA VISTA, RR.
DIA 26 DE OUTUBRO - QUARTA-FEIRA. INÍCIO: 18:00h. -  Tempo de Solenidade: - duas horas. Tolerância máxima de início: 15'.

ATO 01                                                                                                                                                 CUMPRIMENTO AOS PRESENTES

FALA: Presidente: Dr. Mário Carabajal

Autoridades; escritores, educadores e jovens à serem empossados; - jornalistas; - senhores pais e mães; professores, estudantes; excelentíssimos Membros da Academia de Letras do Brasil.... nossos cordiais cumprimentos de boa tarde.

ATO  02                                                                                                      NOMEÇÃO DE MEMBRO PARA SECRETARIAR A SESSÃO

FALA: Presidente: Dr. Mário Carabajal

Convido o Excelentíssimo Escritor, Membro da Academia de Letras do Brasil,  Imortal DANIEL CHAVES, para ocupar um lugar à mesa e secretariar esta sessão. 
Convido a Excelentíssima Escritora,  Membro da Academia de Letras do Brasil, Imortal VERA ROSENDO, para ocupar um lugar à mesa e assessorar-nos na condição de oradora. 


ATO 03                                                                                                                                                                 
COMPOSIÇÃO DA MESA \\\\\\\\\\\\\\\\

Registrando-se autoridades do poder Executivo ou seus representantes, convidar a compor a mesa. Na sua falta, convidar representantes do Legislativo - da mesma forma, do Judiciário. Somente a mais alta autoridade ou seus representantes, de cada um dos poderes.

FALA: Presidente: Dr. Mário Carabajal:
Convido a compor a mesa, o/a Excelentíssimo/a Senhor/a NOME COMPLETO (titular ou representante - do cargo/função (Poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário ou seus representantes). Em especial, convidar a compor a mesa, titulares e representantes da Educação e Cultura, Federal, Estadual e Municipal.

NOME - CARGO/FUNÇÃO___________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________

NOME - CARGO/FUNÇÃO___________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________

NOME - CARGO/FUNÇÃO___________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________________________

NOME - CARGO/FUNÇÃO__________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________

Convido a compor a mesa, os Excelentíssimos Escritores Membros da Academia de Letras do Brasil; Imortais Aelson Lima; Lúcia Machado; Gerson Denz; J.Júnior; Platão Arantes; Attfield Policarpo; Leonardo Cupello; Tércio Lima; Amazonas Brasil; 
________________________________________________________________________________________
Havendo Membros da ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA, convidar a compor a mesa como autoridade - ou, se todos os lugares ocupados, "nossas escusas aos Excelentíssimos Membros da AER presentes - pela falta de lugar à mesa, contudo, registramos a honraria de vossas presenças: 

___________________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________________ 

ATO 04 __________________________________________________________________________________ABERTURA DA SESSÃO

Havendo autoridade do poder executivo, Presidente, Governador, Prefeito ou seus representantes; solicitar a de maior abrangência, permissão para a abertura dos trabalhos.

FALA: Presidente da Academia: Obs.: Utilizar anotações do ATO 03.

A Presidência da Academia de Letras do Brasil solicita
...

a(o) Excelentíssimo(a) Senhor(a) NOME COMPLETO  - Presidente do/da, Governador(a) do/da; Prefeito(a) de ... ou representante do Poder (Executivo; Legislativo ou Judiciário) NOME COMPLETO DO REPRESENTADO -  

                                                                                ... permissão para iniciar esta Sessão Solene de Posse.


                                          FALA DE AUTORIDADE EXTERNA À ACADEMIA

"NA CONDIÇÃO DE 

                                       (Presidente ou representante do: da República Federativa do Brasil)
                                       (Governador ou representante do:  Estado de/do _____________) 
                                       (Prefeito (a) ou representante do/da_______________________)
                                       (Ministro, Secretário (a) ou representante do/da______________)
                                       (Autoridades do Poder Legislativo ou representante do/da______) 
                                       (Autoridades do Poder Judiciário ou representante do/da_______)

HONRO-ME EM AUTORIZAR O EXCELENTÍSSIMO PRESIDENTE DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL, ESCRITOR, DOUTOR MÁRIO CARABAJAL, A DAR PROSSEGUIMENTO AO PROTOCOLO DE ABERTURA E CONDUÇÃO DOS TRABALHOS DESTA SESSÃO SOLENE DE POSSE.
_______________________________________________________________________________

FALA - Presidente da ALB. 
A Academia de Letras do Brasil agradece a vossa honrosa presença - o que eleva a assertiva de nossas propostas. 
Agradecemo-vos a gentil cedência e declínio da prerrogativa institucional hierárquica de condução dos trabalhos.

Assim; - declaramos iniciada às 18:00 h. do dia 26 de outubro de 2005, nas dependências da Escola Estadual Carlos Drumond de Andrade, na cidade de Boa Vista, Estado de Roraima, a Terceira Sessão de Posse, aberta ao público, às Academias; de Educação de Roraima e Escolar de Letras, respectivamente.

ATO 05                                                                                                                                                     POSSE DE NOVOS MEMBROS
FALA: ORADOR DA ALB:  POSSE DO ESCRITOR PLATÃO ARANTES TEIXEIRA Á CADEIRA  032  DA ALB.

FALA: Presidente: CONVIDO OS ESCRITORES: LÚCIA MACHADO:  AELSON LIMA; DANIEL CHAVES; GERSON DENZ E PLATÃO ARANTES, PARA CONDUZIREM AO SEIO DE NOSSA CONFRARIA, OS EDUCADORES DESTE CONCEITUADO ESTABELECIMENTO ESTADUAL DE ENSINO - QUE NESTA SOLENIDADE FESTIVA, TOMARÃO POSSE NA ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA.

FALA: ORADOR DA ALB: (NOMINAR UM A UM OS EDUCADORES).

Convido os educadores da Escola Estadual Ana Libória; (Assessoria - oferecer ao Presidente a lista com os nomes dos Educadores que serão diplomados) para que; de frente para os demais convidados, prestem Compromisso Público como Educadores Imortais. Momento em que serão diplomados e empossado às Cadeiras 01/17; 02/17; 03/17; 04/17; 05/17; 06/17; 07/17 e 08/17, respestivamente, da ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA, na condição de Membros Imortais, Fundadores e Vitalícios. 

ATO 05.1                                                                                                       COMPROMISSO  PÚBLICO DOS EDUCADORES IMORTAIS

FALA: Presidente: Dr. Mário Carabajal

Convido-os a prestarem o compromisso Público como Educadores Imortais

__________________“Declaro-me______________________
como Educador; co-responsável pelos destinos da educação em meu Município, Estado e País.

Como Cidadão; declaro-me co-autor da história de minha comunidade e da própria humanidade.

Como ser Político; declaro-me responsável pela evolução

ética, moral, política, jurídica e organizacional de minha Nação.

Como Pensador; declaro-me criador e gerador de proposições e soluções à problematização sócio-educacional brasileira.

Como Escritor, assumo a responsabilidade em registrar e difundir toda iniciativa que represente evolução ao processo educacional brasileiro, defendendo, apoiando, incentivando e orientando o crescimento e a expansão, interiorização e expressão, da linguagem corpórea, simbólica, artística e culta, na criança, jovem, adulto e idoso, à paradigmaximização contínua e infinita em construção do saber, como base ao aprimoramento científico e estrutural de nossa sociedade.

ATO 05.2                                                                                                                                          DIPLOMAÇÃO DOS MEMBROS DA AER

FALA: Presidente: Dr. Mário Carabajal

LEVANTA-SE E DIPLOMA, UM A UM, OS NOVOS MEMBROS.  

(Após diplomados, na seqüência, tomam lugar à mesa).

ATO 05.3.                                                                                                  OBRAS AOS EDUCADORES MEMBROS DA ACAD. EDUCAÇÃO

FALA: ORADOR DA ALB: 

NESTE MOMENTO, OS EDUCADORES IMORTAIS, MEMBROS DA ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA, SERÃO  AGRACIADOS, PELOS ESCRITORES  MEMBROS DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL, IMORTAIS, AELSON LIMA E LÚCIA MACHADO, COM UMA DAS OBRAS; O OLHO DA LUZ; OU: OS ENSINAMENTOS DA LUZ, DOS CONSAGRADOS ESCRITORES INTERNACIONAIS; PTOCHOY E NEPIOY MLAJ. - SOLICITAMOS AOS EDUCADORES, PARA QUE À MEDIDA EM QUE FOREM CHAMADOS, RECEBAM DE NOSSOS ESCRITORES, A OBRA, E EM NOME DE NOSSA ORGANIZAÇÃO, SEUS CUMPRIMENTOS PESSOAIS. 

____________________________________________________________________________________________________________________

FALA: ESCRITORES AELSON LIMA E LÚCIA MACHADO; PROMOVEM A ENTREGA DE OBRAS AO EDUCADORES DIPLOMADOS (...).

(APÓS ENTREGA DOS LIVROS PELOS ESCRITORES AELSON LIMA E LÚCIA MACHADO).

FALA: ORADOR DA ALB: 

OS EDUCADORES, IMORTAIS, MEMBROS DA ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA, RECEBERÃO, DIRETAMENTE DO PRÓPRIO AUTOR, ESCRITOR DANIEL CHAVES, MEMBRO DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL, UM EXEMPLAR DE UM DE SEUS LIVROS: PROVÉRBIOS I; OU PROVÉRBIOS II; OU LUMENOL. DANIEL CHAVES, RECENTEMENTE, ENTROU PARA O RANKING BRASIL DE ESCRITORES, POR SER O ESCRITOR BRASILEIRO COM O MAIOR NÚMERO DE PROVÉRBIOS JÁ ESCRITOS. 4.800 PROVÉRBIOS - ESTE AUTOR, ESTÁ SENDO ESTUDADO PELO GUINES BOOK, PARA ENTRAR PARA O LIVRO MUNDIAL DOS RECORD'S, POIS, JÁ SUPEROU SALOMÃO QUE ESCREVERA 3.000 PROVÉRBIOS. 


ATO 05.3                                                                                                       .OS NOVOS MEMBROS TOMAM SUAS CADEIRAS

(APÓS ENTREGA DOS LIVROS PELO ESCRITOR DANIEL CHAVES)

FALA: ORADOR DA ALB. 

CONVIDAMOS AOS DISTINTOS EDUCADORES A TOMAREM UM LUGAR A MESA.

ATO 06                                                                                      POSSE: MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS RORAIMA

Presidente: Dr. Mário Carabajal

Convido aos Escritores Jovens Presentes, para que levantem-se e com a mão direita sobre o coração, prestem o juramento, como Pensadores Imortais, Membros da Academia Escolar de Letras de Roraima.

ATO 06.1                                                                                                                                                                                        JURAMENTO

COMO ESCRITOR, ASSUMO, PERANTE AOS HOMENS E A CINERGIA UNIVERSAL QUE NOS GOVERNA;

MANTER-ME EM FRANCA CAMINHADA EVOLUTIVA.

NÃO DETER-ME FRENTE AOS OBTÁCULOS EM MEU PERCURSO. 

DIMENSIONAR, A PARTIR DE MINHA PRÓPRIA CAPACIDADE DE DECISÃO, PERSISTÊNCIA E VONTADE, OS PROBLEMAS EXISTENCIAIS.

PARTICIPAR, POR MINHA AUTO-DETERMINAÇÃO, ATIVA E RESPONSAVELMENTE, DA ORGANIZAÇÃO SOCIAL, POLÍTICA E ADMINISTRATIVA DE  MINHA COMUNIDADE, MUNICÍPIO, ESTADO E PAÍS.

NÃO LIMITAR-ME POR FRONTEIRAS OU LÍNGUAS.

ATUAR, DE FORMA PACÍFICA, ORGANIZADA E SINÁRQUICA, EM PROL DO DESENVOLVIMENTO E LIBERDADE DE EXPRESSÃO CULTURAL, ARTÍSTICA, SOCIAL E HUMANA.

DEFENDER A APLICABILIDADE PRÁTICA DO CONHECIMENTO ADQUIRIDO, LIBERTANDO-O DOS CORPORATIVISMOS QUE OS APRISIONAM.

FAZER-ME CO-AUTOR DA HISTÓRIA EM MINHA CONTEMPORANEIDADE.

OFERECER, ATRAVÉS DE MINHA ESCRITA, AS BASES EVOLUTIVAS ÀS CIVILIZAÇÕES FUTURAS.

ATO 06.2                                                                                        DIPLOMAÇÃO DOS MEMBROS DA ACADEMIA ESTUDANTIL/RR

Presidente: Dr. Mário Carabajal

PELAS PRERROGATIVAS ESTATUTÁRIAS ATRIBUIDAS AO PRESIDENTE DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL, DOU POSSE AOS JOVENS ESCRITORES, MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS DE RORAIMA. 

Neste mesmo Ato, dou vida a esta unidade da Academia Escolar de Letras de Roraima, através da posse de sua Presidência;Diretores; Conselho Superior; Comissão de Revisão Editorial e Membros, eleitos sob princípios democráticos, éticos e honestos, a partir da ampla discussão das propostas dos diversos candidatos, sendo:  
____________________________________________________________________________

ATENÇÃO ORADOR DA ALB - No ato anterior, do Presidente, a palavra "sendo" é a senha para você iniciar a chamada dos Jovens. (Estar com a lista em mãos - chamar-se-á pelo nome completo e citar-se-á a respectiva Cad.).  A chamada de cada Membro Jovem deve ocorrer em intervalos de: mínimo 5" e;  máximo 8" (segundos). O orador após chamar cada nome, poderá contar: 1001; 1002; 1003; 1004; 1005 - prolongando-se essa contagem no máximo até 1008, chamando o nome subseqüente. 
_______________________________________________________________________________________

FALA: ORADOR DA ALB: (Nome e Cadeira de cada Membro Jovem).
________________________________________________________________________________________

ATENÇÃO MEMBROS JOVENS;

OBEDECENDO A ORDEM EM QUE SÃO CHAMADOS, CALMAMENTE, UM A UM, CUMPRIMENTAM OS COMPONENTES DA MESA AO PASSAREM EM FRENTE A MESMA PARA SEREM DIPLOMADOS. (Não dar as costas aos convidados).  
__________________________________________________________________________________________

Presidente: Dr. Mário Carabajal

CUMPRIMENTA E FAZ A ENTREGA DOS DIPLOMAS AOS JOVENS IMORTAIS. \

ATENÇÃO JOVENS ESCRITORES: Ao receber o diploma observe-se: Mão direita cumprimenta e mão esquerda recebe o diploma;  -   o diploma voltado para o público;  - após, toma seu lugar sem dar as costas aos  convidados).  
**Fazer leve pausa para fotografia no momento da diplomação e cumprimento aos familiares antes de tomar sua cadeira.  

6.2.1.                                                                                                                               OBRAS LITERÁRIAS AOS JOVENS ESCRITORES              

FALA: ORADOR DA ALB: 

NESTE MOMENTO, OS JOVENS IMORTAIS, MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS DE RORAIMA, SERÃO  AGRACIADOS, PELOS ESCRITORES  MEMBROS DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL, IMORTAIS, AELSON LIMA E LÚCIA MACHADO, COM UMA DAS OBRAS; O OLHO DA LUZ; OU: OS ENSINAMENTOS DA LUZ, DOS CONSAGRADOS ESCRITORES INTERNACIONAIS; PTOCHOY E NEPIOY MLAJ. - SOLICITAMOS AOS JOVENS ESCRITORES, PARA QUE À MEDIDA EM QUE FOREM CHAMADOS, RECEBAM DE NOSSOS ESCRITORES, A OBRA, E EM NOME DE TODOS NÓS, SEUS CUMPRIMENTOS.
____________________________________________________________________________________________________________________

FALA: ESCRITORES AELSON LIMA E LÚCIA MACHADO; (PROMOVEM A ENTREGA DE OBRAS AOS ESCRITORES JOVENS, MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS DE RORAIMA. (...).
___________________________________________________________________________________________________________________

Atenção: AS OBRAS DEVEM ESTAR NOMINALMENTE DISPOSTAS NA MESMA ORDEM DE CHAMADA À DIPLOMAÇÃO). 

ATO 06.3   APÓS RECEBER O LIVRO, OS  JOVENS  PASSAM FRENTE À MESA E RETORNAM AOS SEUS LUGARES.

ATO 07                                                                                                                                                                              JOVENS MEMBROS;
 

ORADOR DA ACADEMIA: APÓS TERMINADA A ENTREGA DOS LIVROS AO ÚLTIMO MEMBRO  SE DIRIGIRÁ AO GRUPO:

A DIRETORIA E MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS DE RORAIMA PODEM SENTAR”.

ATO 08                                                            O PRESIDENTE DA ALB DELEGA AO PRESIDENTE ELEITO, PRESIDIR A SESSÃO.

Presidente:  Dr. Mário Carabajal

Convido o(a) jovem Imortal_____________________________da Academia Escolar de Letras da Escola Carlos Drumond de Andrade para, em nome dos demais Membros, cumprimentar os presentes e agraciar-nos, com uma poesia, ou indicar um Membro da nascente organização para os representar.

ATO 09                                                                      O PRES. DA ACAD. ESCOLAR,  PASSA A PALAVRA AO DIRETOR CULTURAL

FALA : PRES. A/ESCOLAR: NADYNNE KELLY

Convido _______________________para representar a nossa nascente organização, declamando uma poesia.

ATO 09.1                                                                                            O DIRETOR CULTURAL DECLAMA OU APONTA UM MEMBRO.

FALA: DECLAMADOR: ______________________________________

ENCERRADA A APRESENTAÇÃO DA POESIA. INCLINA-SE AO PÚBLICO EM AGRADECIMENTO, E SEM DAR AS COSTAS Á PLATÉIA, DIRIGE-SE A SUA CADEIRA, SENTANDO-SE.

ATO 10  O PRES. DA AEL INDICA UM OUTRO MEMBRO, PARA BRINDAR AOS PRESENTES COM UMA NOVA POESIA.

FALA: ORADOR DA ACADEMIA ESCOLAR

Atendendo ao chamado___________________

DECLAMADOR______________________________________

APÓS DECLAMAR, INCLINA-SE AO PÚBLICO, E SEM DAR-LHES AS COSTAS, DIRIGE-SE AO SEU LUGAR.

ATO 11                    O PRES. DA ACAD. ESCOLAR,  RETORNA A PALAVRA AO PRESIDENTE DA ALB.

FALA: PRES. AEL: ______________________________________________

Retorno a presidência da sessão, ao Excelentíssimo Presidente da Academia de Letras do Brasil, 
Dr. Mário Carabajal.
 

ATO 12                                                                                               AGRADECIMENTOS E RETOMADA DA PALAVRA

FALA: Presidente: Dr. Mário Carabajal

Nossos cumprimentos aos jovens imortais, na esperança que façam um feliz aproveitamento da organização que se forma. Não vemos nenhum obstáculo à consolidação e expansão dessa unidade da Academia Escolar de Letras de Roraima. Da mesma forma, nada poderá deter o livre crescimento cultural individual de cada um dos Membros. Lembremo-nos que o paradígma Cultura não se deixa limitar. Da culinária à última tese científica. Da alavanca à hidráulica. Da roda à fórmula 1. De Santos Dumont às sondas espaciais. Da frenologia à Freud.  Da rádio-telegrafia ao e-mail. Por fim, do papiro à composição eletrônica. Como a cultura, nós também não podemos nos deixar deter. Temos que avançar. Vocês jovens, representam a nossa mais pura esperança de virem a tornarem-se nossos governantes. Olhem com o máximo de profundidade para dentro de si e permitam aflorar os potenciais latentes, agora, especialmente estimulados. Imprimam um grito maior que a própria vontade e determinação em busca da auto-realização; de  acertar, de vencer, de mudar, de transformar para melhor o Mundo sob o qual vivemos. Todos nós, temos forças e poder para imprimir no Mundo o nosso sonho e ideal. A realidade das civilizações futuras, é formada, no nosso presente. Àqueles que mais sonham e acreditam no que sonham, transformando estes sonhos em objetivos; e detidamente trabalhando para a sua materialização; pautando-se sob os princípios do preparo e organização, maiores contribuições deixam aos futuros ocupantes de nosso globo. Aqueles que mais acreditaram em seus próprios pensamentos no passado, como o fundador das Academias de Letras no Mundo - Platão, ou Sigmund Freud, fundador da Psicanálise Clínica, entre tantos outros, como Thomas Edson, que chegou a ser considerado louco pela sociedade científica de sua época, por tentar mais de 3 mil vezes criar a lâmpada, só conseguindo próximo a tentativa de número cinco mil... deixaram-nos, por suas persistências e visões futiristas, a certeza, que mesmo pequenos e insignificantes fisicamente, o pensamento aparentemente abstrato, ainda que paradoxalmente, é aquilo que demais concreto possuímos. Acreditar, na menor faísca de nossos pensamentos, e lutar por sua precipitação, e ordenada implementação na matéria, pode ser a diferença para o futuro da Humanidade. Necessariamente não precisamos validar um futuro desertico e de disputas por migalhas de alimentos, como vemos comumente nos filmes de ficção. Esta perspectiva, e mesmo a fome, como um mal Mundial, facilmente podem ser revertidas, se, por exemplo, virmos a conscientizar o ser, que do simples plantio de três pequenas mudas de árvores frutíferas frente a sua residência, resultarão quadras ecológicas, bairros ecológicos, cidades ecológicas, estados e países ecológicos, e onde quer que nos encontremos, pastará o simples erguer de um braço para colhermos uma fruta fresca, saciando-se a fome. Sem mais necessitarmos fazer como se alimentos fossem, os demais seres, de outras espécies, que conosco, ocupam este Planeta. 
Jovens Imortais, imaginem, o que seria o Mundo sem os pensadores. Mas observem, não basta imprimirmos o nosso nome na história. Temos que declinar de muitos títulos e vaidades se estas não corresponderem ao ideal humano de paz, integridade, e sobretudo, tão carente em nossos dias - honestidade. Temos que manter nosso foco nos valores éticos e morais capazes de nos darem boas e tranquilas noites de sono. A vocês, os nossos sinceros votos de profícuoas e humanas criações de excelentes obras literárias, científicas e populares. Ajudem-nos a escrever as páginas futuras da Humanidade. Lembrem sempre: - fisicamente somos pequenos e insignificantes. Porém o nosso pensamento é grande e livre, ele se expande, e sua consecussão pode ao Mundo modificar.

Cito, para que se registre em vossas memórias, as sábias palavras do jornalista Imortal Edgar Hudson

"Um nascer, um crescer, um se esmagar, um não se completar e morrer, assim, por tão pouco ou quase nada, seria totalmente absurdo".

ATO 12.1                                                                                                          O PRESIDENTE  FACULTA  A PALAVRA AOS PRESENTES

Presidente: Dr. Mário Carabajal

A palavra está facultada e o microfone aberto à livre manifestação dos presentes; mesa ou auditório.  
(Solitamos aos Membros da mesa, priorizarem tempo à manifestações advindas da platéia. Ao tempo de 10" priorize-se os Membros das Academias: Escolar; de Educação; do Brasil, respectivamente). O tempo individual à manifestações pelos Membros da Mesa, não poderá exceder à 3' (três minutos).

ATO 12.2                                                     LIVRE MANIFESTAÇÃO PELOS PRESENTES        -             PRIORIDADES:                  
(CONTE-SE MENTALMENTE 10 SEGUNDOS - SE NÃO HOUVER MANIFESTAÇÕES PELA PLATÉIA, CONTE-SE MAIS 10 SEGUNDOS PARA MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR; NIGUÉM MANIFESTANDO-SE, CONTE-SE MAIS 10 SEGUNDOS PARA MEMBROS DA ACADEMIA DE EDUCAÇÃO; NÃO HAVENDO MANIFESTAÇÕES, CONTE-SE MAIS 10 SEGUNDOS PARA MEMBROS DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL. NÃO HAVENDO MANIFESTAÇÕES, O PRESIDENTE RETOMA A PALAVRA.

ATENÇÃO: A PRESIDÊNCIA PODERÁ OPTAR POR FACULTAR A PALAVRA RESPECTIVAMENTE PARA:

 

1. AUDITÓRIO:

 

2. MEMBROS DA ACADEMIA ESCOLAR DE LETRAS DE RORAIMA:

 

3. MEMBROS DA ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE RORAIMA:

 

4. MEMBROS DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL.

 

5. AUTORIDADES EXTERNAS 

ATO 12.3                                                                                                                               AGRADECIMENTOS DA ALB AOS PRESENTES

Presidente: Dr. Mário Carabajal

Agradecemos aos senhores as palavras de incentivo, mola motivadora para continuarmos investindo em busca de novos pensadores, "mentes brilhantes" como destes jovens, formadores de opinião e elos à grandes possibilidades evolutivas humanas.

Nossos sinceros agradecimentos ao empenho e dedicação da direção da Escola Estadual Carlos Drumond de Andrade, em especial, a Diretora, Educadora TEREZINHA GONÇALVES DE CARVALHO, e em seu nome, estendemos nossos agradecimentos a todo o corpo docente.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________, Para o sucesso deste empreendimento.

Estendemos nossos especiais agradecimentos aos pais; sem os senhores, estes jovens não estariam despertando para suas sublimes missões e posicionamentos frente ao Mundo. Milhões de filhos, neste momento, antes de estarem recebendo um diploma, por destacarem-se em suas escolas. Estão recebendo pontapés, socos e severos espancamentos, dentro de presídios, por haverem sido privados, pela própria complexidade existencial, de uma educação socializante. Toxicomanos em geral, traficantes e marginais, muitas vezes, iniciaram com um cigarro ou um copo de cerveja, dentro do próprio ambiente familiar, e o que pior, incentivado sugestivamente pelas pessos que mais o amam e querem o seu melhor. Desconhecedores no entanto, do poder psicossugestivo que exercem sobre um filho, programando-o à imitação. Certamente, os pais são os maiores influenciadores através dos mandatos parentais, quanto ao futuro dos filhos. Por isso, senhores pais, o reconhecimento de nossa organização, por suas árduas e difíceis, porém profícuas e bem sucedidas missões. Estes jovens encontram-se no caminho certo. A todos, nossos parabéns. 

AOS JORNALISTAS PRESENTES, AGRADECEMOS VOSSAS HONROSAS E INDISPENSÁVEIS PRESENÇAS. SEM VOCÊS, A SOCIEDADE E A PRÓPRIA HUMANIDADE, LEVARIAM CENTENAS DE MILHARES DE ANOS A MAIS PARA EVOLUIR. A IMPRENSA, COM SUA CAPACIDADE DIFUSORA, PARADIGMAXIMIZA OS BONS IDEAIS, LEVANDO-OS AOS MAIS LONGÍCUOS LUGARES SOBRE O GLOBO, INFORMANDO, QUASE EM TEMPO REAL, O CAMINHO MAIS SEGURO E IMINENTE À EVOLUÇÃO. 
_____________________________________

Aos Membros da Academia de Letras do Brasil, e da Academia de Educação de Roraima, todo o nosso respeito, simbolizados em um forte, eterno e imortal abraço, pelo apoio que temos recebido, garantindo-nos a assertiva de encontrarmo-nos, também, no caminho certo.

HAVENDO AUTORIDADES EXTERNAS: 

Não poderíamos deixar de agradecer a presença honrosa do(a) Exmo(a) (ou representante) Senhor(a)______________________________________, Presidente...Governador(a)...Prefeito(a) 
- da República Federativa do Brasil;
- do Estado de/do_____________
- do Município de ____________do Estado do/de__________________.

ATO 13                                                                                                                       CONVITE DO PRESIDENTE PARA FOTO HISTÓRICA

Presidente: Dr. Mário Carabajal

Com exceção da mesa, convido a todos os Membros Jovens, para que se levantem e aproximem-se uns dos outros, para o registro histórico deste momento.

ATO 13.1.                                                                                                    ORADOR SOLICITA: PAIS  AGUARDEM EM SEUS LUGARES.

FALA: ORADOR DA ALB.

A IMPRENSA E FAMILIARES PODEM FICAR À VONTADE PARA O REGISTRO DOCUMENTAL DESSE MOMENTO.

ATO 14                                                                                                                                         ENTREGA DOS CERTIFICADOS AOS PAIS.

Presidente: Dr. Mário Carabajal

Em reconhecimento à contribuição sócio-evolutiva dos senhores pais, solicitamos a cada filho, neste encerramento, para cumprimenta-los e os conduzir à saborear um coquetel de frutas. Este coquetel especial de frutas, é padrão da Academia de Letras do Brasil. 

 

ATO 15                                                                      OS JOVENS CONDUZEM OS PAIS A MESA DO COQUETEL.
OS JOVENS DIRIGEM-SE AOS PAIS, CUMPRIMENTANDO-OS E OS CONDUZEM À MESA DO COQUETEL.

ATO 16                                                                                                                                                                      CONTINUA O PRESIDENTE

Presidente: Dr. Mário Carabajal

Senhores pais, por suas irrefutáveis e decisivas contribuições ao desenvolvimento desses nossos prodígios estudantes. Prodígios que agora também se fazem escritores, e em um futuro próximo, esperamos, tornem-se nossos professores, diretores, advogados, médicos, engenheiros, vereadores, deputados estaduais e federais, senadores... Enfim, nossos futuros prefeitos, governadores e mesmo, que daque saia um Presidente da República. O Brasil está carente de homens efetivamente comprometidos com o nosso futuro. Nestes jovens, lançamos a perspectiva de dias melhores à Nação Brasileira. Juntos, somos responsáveis pela evolução axiológica e política de nossa Nação. Unidos, haveremos de ultrapassar este estágio difícil que vive o Brasil.

Seus filhos representam a esperança de uma sociedade culta, inteligente e altamente politizada, honesta e comprometida. 

Sem violência ou sangue, com nossas mãos unidas no ideal comum de evoluirmos a partir da correta e comprometida escolha de nossos representantes, sobre seus filhos, lançamos a missão de um dia, se fazerem nossos governantes.

Muito obrigado! Com este Ato, damos oficialmente por encerrada a presente sessão.

ATO 17                                                                                                                                                              CONVITE PARA O COQUETEL

FALA: ORADOR DA ALB

Os presentes são nossos convidados à saborear o coquetel de frutas.

 

  RECOMENDAÇÕES GERAIS

A T E N Ç Ã O

ORIENTAÇÕES IMPORTANTÍSSIMAS AO BOM ANDAMENTO DO EVENTO:

1. A EQUIPE DE CERIMONIAL, DEVE RESERVAR CADEIRAS, NAS PRIMEIRAS FILEIRAS, PARA OS PROFESSORES E JOVENS QUE SERÃO DIPLOMADOS.

2. TODOS OS JOVENS E PROFESSORES QUE SERÃO DIPLOMADOS, DEVEM ENCONTRAR-SE NO LOCAL, COM TRINTA MINUTOS DE ANTECEDÊNCIA.

3. A EQUIPE DE CERIMONIAL DEVE RECEPCIONAR OS CONVIDADOS, ORIENTANDO-OS A ASSINAREM O LIVRO DE PRESENÇA.

4. CADA JOVEM ESCRITOR DEVE CONDUZIR SEUS CONVIDADOS, APÓS A ASSINATURA DO LIVRO DE PRESENÇA, ATÉ O LOCAL DA CERIMÓNIA, ACOMODANDO-OS EM SEUS LUGARES.

5. APÓS ACOMODADOS OS PAIS E CONVIDADOS; O JOVEM DEVE SENTAR NA MESMA ORDEM EM QUE SERÁ CHAMADO PARA SER DIPLOMADO.

6. O JOVEM DEVERÁ ESTAR BEM INFORMADO DE SEU NÚMERO DE CADEIRA, POIS ESTE, REPRESENTARÁ O NÚMERO DE ORDEM EM QUE SERÁ CHAMADO.

7. O ROTEIRO DE CERIMÔNIA DEVE SER LIDO REPETIDAS VEZES POR TODOS OS INTEGRANTES, EVITANDO ERROS DURANTE O EVENTO. (Preferencialmente, ensaiado pelos Membros. Como em um teatro. Papéis são assumidos, e o cerimonial lido, como se no dia estivéssem).

8. OS JOVENS ESCRITORES, DURANTE O COQUETEL DE FRUTAS, DEVEM PERMANECER JUNTO COM SEUS PAIS, POIS. A QUALQUER MOMENTO, DURANTE O COQUETEL, O PRESIDENTE DA ALB, DR. MÁRIO CARABAJAL, PASSARÁ CUMPRIMENTANDO A TODOS OS PAIS, UM A UM. OCASIÃO, EM QUE PROMOVERÁ A ENTREGA DOS CERTIFICADOS AOS MESMOS, TIRANDO FOTOGRAFIA COM CADA JOVEM E SEUS FAMILIARES, NO MOMENTO DA ENTREGA DO CERTIFICADO.

9. A EQUIPE DE CERIMONIAL É RESPONSÁVEL PARA QUE TODOS OS JOVENS DEIXEM AS TOGAS EM UM MESMO LUGAR. AS MESMAS DEVEM SER DOBRADAS E ENTREGUES À EQUIPE DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL.

10. DETECTANDO-SE ERROS NO DIPLOMA OU CERTIFICADO, O JOVEM ACADÊMICO DEVERÁ PROMOVER A CORREÇÃO NO VERSO DO DOCUMENTO, DEVOLVENDO-O APÓS A CERIMÔNIA, A UM DOS INTEGRANTES DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL.

11. À DIREÇÃO DA ESCOLA CARLOS DRUMOND DE ANDRADE RECOMENDAMOS CRIAR UM PROTOCOLO DE ENTREGA E DEVOLUÇÃO DAS TODAS PELOS ALUNOS À UMA PESSOA, PARA ESTE FIM, ESPECIALMENTE ENCARREGADA.

2.0pt">9. A EQUIPE DE CERIMONIAL É RESPONSÁVEL PARA QUE TODOS OS JOVENS DEIXEM AS TOGAS EM UM MESMO LUGAR. AS MESMAS DEVEM SER DOBRADAS E ENTREGUES À EQUIPE DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL.

10. DETECTANDO-SE ERROS NO DIPLOMA OU CERTIFICADO, O JOVEM ACADÊMICO DEVERÁ PROMOVER A CORREÇÃO NO VERSO DO DOCUMENTO, DEVOLVENDO-O APÓS A CERIMÔNIA, A UM DOS INTEGRANTES DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL.

11. À DIREÇÃO DA ESCOLA CARLOS DRUMOND DE ANDRADE RECOMENDAMOS CRIAR UM PROTOCOLO DE ENTREGA E DEVOLUÇÃO DAS TODAS PELOS ALUNOS À UMA PESSOA, PARA ESTE FIM, ESPECIALMENTE ENCARREGADA.